13
set

Oficinas mecânicas de pequeno porte crescem mesmo na crise

Cenário é propício para abrir ou ampliar o negócio, mas gestão empresarial deve ganhar atenção

Micro e pequenos empresários brasileiros mantinham 350 mil serviços automotivos em 2017, segundo dados mais recentes do Sebrae. O número era 11,5% maior do que o registrado em 2016 e a previsão é de que cresça ainda mais em 2018. A evolução aponta para uma carência desse segmento: a de investimento em gestão empresarial.

 Boa parte das oficinas do país é administrada por familiares. O controle financeiro e de estoque, a emissão de notas fiscais e o cadastro de peças são algumas das atividades burocráticas que acabam sendo deixadas de lado. Para Reginaldo Stocco, CEO da startup VHSYS, que fornece sistemas online de gerenciamento para empresas de pequeno porte, para que uma oficina cresça e dê lucro é fundamental fazer a elaboração de um bom plano financeiro, organizar o estoque e a gestão dos serviços, além de manter um bom relacionamento com os clientes. "Essas tarefas podem ser feitas de maneira prática por meio de uma ferramenta de gestão online. Sem isso, o gestor acaba se perdendo e perdendo dinheiro", explica Stocco.

A tecnologia é aliada dos pequenos negócios porque garante ferramentas simples e de baixo custo. “A informatização não é mais uma opção, é quase uma obrigação para se manter relevante e conquistar a preferência dos clientes. Reclamações sobre atraso na manutenção, falta de peças e problemas financeiros não têm mais espaço em um mercado tão competitivo", diz Stocco.

O investimento em ferramentas de gestão também prepara a cadeia automotiva para a retomada do crescimento no setor. Em plena crise, a frota brasileira de veículos avançou 1,2% em 2017, passando a 43,4 milhões de unidades circulantes em todo o país, segundo o Sindipeças. O resultado confirma a retomada das vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no ano passado, depois de quatro anos consecutivos de queda.

Sobre a VHSYS

A VHSYS é uma startup paranaense que fornece um sistema online de gestão empresarial descomplicado para micro, pequenos e médios empresários. O sistema conta com módulos para emissão de nota fiscal, controle financeiro, vendas, estoque, além de ter desenvolvido uma loja de aplicativos exclusivos para o software, ampliando suas funcionalidades para o cliente final. A empresa foi criada e é dirigida por Reginaldo e Luan Stocco. Com mais de 100 mil empresas que já utilizaram o sistema. Mais informações no site https://vhsys.com.br/.



« Voltar

24
abr

Nadadora do Clube Curitibano garante vaga para Jogos Pan-Americanos no Peru

Fernanda de Goeij venceu os 200 metros costas do Troféu Maria Lenk, no Rio

+MAIS

24
abr

Mercado de condomínios logísticos melhora na Região Sul

Paraná tem a maior absorção líquida, seguido de SC e RS

+MAIS

23
abr

Previdência privada pode garantir conforto na terceira idade

Gerente da Porto Seguro no Paraná lembra que as vantagens de contratar um plano individual vão além da dedução no Imposto de Renda

+MAIS

23
abr

Carmen Steffens desfila no Curitibano

+MAIS