10
fev

Opção por seguro fiança cresce no Paraná

Solteiros de 26 a 35 anos são os que mais utilizam a modalidade, mostra a base de dados da Porto Seguro

A opção de contratar seguro fiança e alcançar a independência na hora de alugar um imóvel cresceu na preferência dos paranaenses no ano passado. De acordo com dados da seguradora Porto Seguro, a modalidade avançou 5,5% em 2020 se comparada com o mesmo período de 2019, com destaque para a adesão de consumidores solteiros de 26 a 35 anos. A gerente geral da Porto Seguro no Paraná, Luciana Gomes, diz que os consumidores têm avaliado que o custo-benefício do produto é compensador e tem vantagens adicionais em relação à fiança tradicional fornecida por terceiros.

“Para o proprietário de um imóvel, o seguro oferece o pagamento de aluguéis em caso de inadimplência, garantias adicionais para encargos mensais, como IPTU, água, gás e luz, multa moratória, danos à construção e pintura interna e externa. Para o inquilino, a garantia dispensa a necessidade de um fiador ou caução, oferece descontos em transportadoras e serviços emergenciais gratuitos para o imóvel alugado, como mão de obra de encanador, eletricista, chaveiro, entre outros. Todos ganham com a adesão ao seguro fiança”, explica.

Perfil

A Porto Seguro também encomendou um estudo sobre o perfil dos brasileiros que optam por um seguro fiança. No terceiro trimestre de 2020, os solteiros representavam 66,1% dos clientes com interesse em contratar um seguro fiança através do Porto Seguro Aluguel. Este índice foi 18% maior que o registrado em 2013, no primeiro ano da série histórica.

O estudo ainda destaca que pessoas entre 26 e 35 anos são as que mais representam esse ecossistema de seguro fiança, que é feito a partir do interesse do cidadão em alugar um imóvel sem utilizar a figura de um fiador ou ainda realizar depósitos antecipados. Segundo o levantamento, esta faixa etária corresponde a 32,96%. E quando este índice é somado ao grupo anterior (18 a 25 anos), equivale a 47% de interessados nesta modalidade de seguro.

Seguro mais acessível

Em setembro, a Porto Seguro lançou o Aluguel Essencial, uma modalidade do seguro fiança com coberturas mais enxutas e com um custo até 40% menor que o modelo tradicional. Os inquilinos ainda contam com acesso gratuito durante três meses ao Reppara!, plano de assinatura para serviços residenciais do Grupo Porto Seguro, e ainda podem participar de sorteio anual de até R$ 200 mil do PortoCap, título de capitalização da companhia.

Sobre a Porto Seguro

A Porto Seguro é uma empresa brasileira com mais de 70 anos de mercado e está entre as maiores seguradoras do País, ocupando a primeira posição nos ramos de Seguro Auto e Residência. Atualmente, são quase 9 milhões de clientes únicos, 13 mil funcionários, 13 mil prestadores e 37 mil corretores parceiros. A companhia tem ainda 101 sucursais e escritórios regionais em todo o Brasil. O Grupo Porto Seguro é formado por 27 empresas – entre elas Azul Seguros, Itaú Seguros de Auto e Residência, Porto Seguro Saúde e Porto Seguro Uruguai – que atuam nos mais diversos ramos como seguros, produtos financeiros, serviços de emergência e conveniência, proteção e monitoramento, plano de saúde para Pets, entre outros. Em 2019, o lucro líquido da companhia foi de R$ 1,387 bilhão.



« Voltar

01
mar

Agenda tributária de 2021 marca encontro inaugural e posse do novo presidente do Grupo de Tributos e Desburocratização

Iniciativa faz parte do Programa WTC de Competitividade. Grupo será presidido em 2021 por Ricardo Guimarães, diretor de Tax & Holding da Eletrolux na América Latina

+MAIS

26
fev

Saiba quando vale a pena comprar carros e motos em leilão

Interessados devem avaliar se os danos aos veículos estão classificados entre pequena, média ou grande monta

+MAIS

22
fev

Ranking Intec 2021: Valor Real está entre as maiores construtoras do Brasil

Construtora da Região Metropolitana de Curitiba ocupa a 85ª posição em ranqueamento feito pela maior empresa de inteligência comercial do ramo

+MAIS

22
fev

Especialista aponta aumento nos acidentes domésticos de visão durante a pandemia

Olho vermelho, piora na visão e dor são sinais de lesões, alerta oftalmologista do Hospital Angelina Caron. Tratamento imediato reduz risco de perda da visão

+MAIS