08
abr

Smart Energy conecta indústrias em nova consciência de consumo

Temática será debatida em live promovida pelo Grupo de Cidades Inteligentes nesta segunda (12). Iniciativa faz parte do Programa WTC de Competitividade

Conceito que expressa a necessidade por novas formas de produção de energia, a chamada Smart Energy proporciona uma mudança no paradigma de consumo energético exigido pela sociedade. A temática será debatida em live aberta ao público nesta segunda-feira (12), às 19h, no canal do Youtube do World Trade Center (WTC) Joinville, iniciativa do Grupo de Cidades Inteligentes (GCI).

“O tema pode ser mais facilmente compreendido quando olhamos para as energias renováveis, que tangenciam novas formas de se produzir energia no planeta. A necessidade de substituição de matrizes fósseis, tais como petróleo e carvão, tem acelerado nossa sociedade para uma nova consciência, em que as fontes limpas e renováveis se fazem cada vez mais presentes e exigidas. É uma nova consciência que conecta o consumo e as indústrias”, explica o executivo Sandro Vieira, presidente do GCI e CEO da SmartGreen Tecnologias S/A.

Mediada por Vieira, a live conta com as participações de Cassio Santana, chief business development officer e membro do conselho da Copel; e Pablo Cupani Carena, diretor de Gestão Corporativa na Celesc, de Santa Catarina.

Sintonia com ESG

Vieira diz que essa mudança do perfil de consumo energético pelas empresas está em sintonia com o ESG (sigla em inglês para ações relacionadas ao meio ambiente, social e de governança). “É justamente no vértice ambiental que entra com força a migração para a utilização de novas matrizes energéticas renováveis, dentre as quais geração fotovoltaica, eólica, biomassa, biogás, além da necessidade do olhar para a eficiência energética. Os benefícios do smart energy são imensos, uma vez que estamos – enquanto sociedade – interrompendo um ciclo de séculos de queima de combustíveis fósseis, altamente poluentes, por novas matrizes que, além de limpas, são renováveis.”

Sobre o GCI

Formado por executivos c-level de grandes empresas, o Grupo de Cidades Inteligentes (GCI) foi criado em 2020 pelo WTC Curitiba, Joinville e Porto Alegre para acelerar a evolução da pauta de smart cities na Região Sul do país, integrando os ecossistemas de inovação do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul como forma de aumentar a competitividade das empresas associadas e fortalecer a economia.

Sobre o World Trade Center

O WTC é um ecossistema global de comércio e investimento, criado há 50 anos como um ponto central de cooperação e conexão, visando a organizar e facilitar a expansão de negócios internacionais. Trabalha para dar continuidade ao legado do WTCA, de criar prosperidade e desenvolvimento econômico relevante, com foco no Brasil, mostrando ao resto do mundo o que os estados do Sul do Brasil têm de melhor a oferecer e perseguindo mais oportunidades para nossos associados. O WTC busca aumentar a competitividade das empresas locais, gera negócios, fomenta o comércio internacional, dissemina melhores práticas globais, fomenta a educação e a liderança empreendedora e traz inovação e investimentos para o país.



« Voltar

13
abr

Aderiu a um Consórcio? Saiba como declarar sua carta de crédito no Imposto de Renda

Consórcios não são dedutíveis no IR, mas devem ser declarados

+MAIS

09
abr

“Só faz sentido uma empresa existir se trouxer benefícios à sociedade”

Análise é do especialista em ESG Marcelo Cardoso, um dos convidados da live sobre o tema que o Grupo WTC ESG promove na próxima terça-feira (13)

+MAIS

08
abr

Como fazer sua instituição de ensino crescer durante a pandemia

Evento gratuito reúne especialistas em educação e gestão para debater o tema no dia 14 de abril

+MAIS

07
abr

UniOpet é selecionado para programa de certificação cloud do Google

A parceria permite aos alunos de exatas e de tecnologia da informação acesso a novas formações, como as de engenheiro ou arquiteto de nuvem

+MAIS