16
nov

“ESG não é tendência, é garantia de futuro”, afirma diretor da Petrobras

Salvador Dahan, diretor executivo de governança e conformidade da Petrobras – que recentemente entrou no Índice Dow Jones de Sustentabilidade, afirmou nesta terça-feira (16) que o movimento de ESG (ações sociais, de sustentabilidade e governança) não é somente uma tendência de mercado, é a garantia do futuro das empresas no Brasil o no mundo. A declaração foi feita durante reunião do grupo ESGG (focado em temas sobre o meio ambiente, questões sociais e governança) do WTC Curitiba, Joinville e Porto Alegre.

“Há uma mudança radical no jogo. Começa pela diferença geracional, em que vemos empresas nativas ESG convivendo com empresas tradicionais, em processo de transição”, destacou o especialista. Segundo Dahan, é importante ressaltar que não existe uma agenda ESG, e sim elementos que podem fazer sentido para uma empresa ou organização, seja numa agenda ambiental ou social, que trabalhe no uso da água ou no reflorestamento, e assim por diante.

Entre as possíveis dimensões atuais de ESG, o diretor da Petrobras elencou as questões de saúde e segurança, responsabilidade com o cliente, impactos na comunidade e direitos do trabalhador, dentro da esfera Social; direitos do acionista, gestão de riscos, transparência fiscal e medidas anticorrupção, na esfera de Governança; e uso de recursos, poluição, pegada ambiental e mudanças climáticas, dentro do aspecto Ambiental.

De acordo com estudo do Institute for Business Value (IBM) – com mais de 14 mil consumidores em nove países –, apenas 48% dos consumidores confiam nos compromissos corporativos com a sustentabilidade. 85% dos consumidores se sentem melhor comprando produtos sustentáveis e 97% esperam que as marcas solucionem problemas sociais. Hoje, o que mais conecta a empresa com o consumidor não é o produto, mas a imagem da empresa, o propósito.

Para Daniella Abreu, presidente do WTC Curitiba, Joinville e Porto Alegre, a gestão da sustentabilidade e responsabilidade corporativa não é um tema novo, mas só agora a sigla ESG está se tornando conhecida no Brasil. “Mas no mercado interno, ESG não é moda, é parte de uma gestão competente. Por isso é tão importante termos um grupo de competitividade focado neste assunto”, enfatizou durante o encontro ESGG sobre a temática “Prioridade na gestão do capital de risco”.

Sobre o palestrante

Salvador Dahan é graduado em Direito pela Universidade Mackenzie, com MBA em Gestão de Segurança empresarial pela Fecap, além de pós-graduação em Liderança Empresarial e Comunitária pela INSPER/SP. Possui 22 anos de experiência nas áreas de Conformidade, Riscos e Governança, tendo atuado em multinacionais como Nissan Motors, Grupo Gerdau, Procter & Gamble. Também é diretor associado e consultor sênior na Prot Consultoria, empresa criada na área de gestão de riscos.

Grupo ESGG tem nova presidente

O encontro do Grupo ESGG (Environment, Social e Governance Group, da sigla em inglês) foi o último sob a presidência de Paulo Cruz Filho, cofundador & Soul of Flowing de Inovação da We.Flow. A partir de dezembro, assume o comando do grupo a executiva Naiara Augusto Czarnobai, gerente de Análise de Riscos e Conformidade na SCGÁS, que foi a primeira secretária de Integridade e Governança do Governo de Santa Catarina. Naiara é integrante do GT Anticorrupção do Pacto Global da ONU, membro da Rede Governança Brasil e coordenadora regional do Compliance Women Committee.

O que faz o WTC

Importante player no ambiente de negócios há mais de 50 anos, o WTC é formado por diferentes grupos empresariais, públicos e privados. Tem como principais objetivos aumentar a competitividade das empresas associadas dos três estados do Sul do Brasil, gerar negócios, fomentar o comércio internacional, disseminar melhores práticas globais, além de trazer inovação e investimentos para o país. Seus associados contam, ainda, com a rede do World Trade Centers Association (WTCA) – com cerca de 15 mil profissionais atuando em 326 unidades de 89 países – para abrir as portas pelo mundo aos atores do setor produtivo, governos e instituições.



« Voltar

03
dez

Open Source pode impulsionar a transformação digital de governos

Evento online gratuito da Red Hat vai apresentar soluções para serviços governamentais

+MAIS

01
dez

Shopping Mueller presenteia clientes com coleção exclusiva de ursos

Os filhotes de Caramelo e Baunilha podem ser levados para casa, com certidão de nascimento personalizada e um livro de histórias. São cinco opções de personagens para escolher

+MAIS

30
nov

Tradicionais marcas paranaenses, Açúcar Diana e Café Diana serão vendidas

Marcas fazem parte da massa falida da fabricante Emilio Romani S/A, que entrou em falência em 1997

+MAIS

29
nov

Faculdade de Direito oferta curso integral gratuito com nota do Enem 2021

Benefício vale para o período matutino de todo o curso; ingresso será exclusivo para participantes do Enem deste ano

+MAIS